Novidades: Little White Tee!

Oi pessoal!!!
Hoje vim trazer para vocês as novidades da coleção inverno da Little White Tee! Várias tees com estampas bacanérrimas! Confiram minhas favoritas:








As tees já estão à venda na página da marca no Facebook: https://www.facebook.com/LittleWhiteTee/app_305990076116431 e no site: http://littlewhitetee.com.br/ .

E aí, gostaram? Bjos

Tendência: Pulseira Stardust- Swarovski!

Oi gente!!!
Hoje vim falar de um acessório que está bombando entre as fashionistas (e que promete bombar ainda mais): a pulseira Stardust da Swarovski, último lançamento da marca!
Toda brilhante e disponível em várias cores, a pulseira é uma peça "coringa": fica ótima tanto com looks casuais quanto com looks mais refinados! Confiram:










Fala sério, não dá vontade de comprar de todas as cores? #wishlist

Bjoss,
Miih

Look do Dia!

Oi pessoal!!!
Confiram o look do dia:





Camiseta: Hering
Casaco: Zara
Calça: Zara
Sapatilha: Arezzo
Bolsa: Le Lis Blanc

E aí, gostaram do look? Bjoss

Resenha: A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert!

Mais um livro da série "Comecei a ler com muita expectativa e me decepcionei (muito)": A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert.
Por ter uma premissa interessante, uma capa bacana e por ser do gênero policial, o livro logo me chamou a atenção! E então comecei a leitura....


Sinopse: Marcus Goldman viu sua vida se transformar radicalmente. Com apenas vinte e oito anos, publicou um livro que se tornou um best-seller e o alçou ao status de celebridade, com direito a um apartamento chique em Manhattan, um carrão, uma namorada estrela de TV e presenças constantes nos tapetes vermelhos, além de um contrato milionário para um novo romance. E então foi acometido pela doença dos escritores: a síndrome da página em branco. A poucos meses do prazo para a entrega do novo original, pressionado por seu editor e por seu agente, Marcus não consegue escrever nem uma linha sequer.
Na tentativa de superar seu bloqueio criativo, Marcus recorre a seu amigo e ex-professor Harry Quebert, um dos escritores mais respeitados dos Estados Unidos, que vive numa bela casa à beira-mar na pequenina cidade de Aurora, em New Hampshire. Às voltas com sua dificuldade em escrever, Marcus é surpreendido pela descoberta do corpo de uma jovem de quinze anos, Nola Kellergan — que desaparecera sem deixar rastros em 1975 —, enterrado no jardim de Harry, junto com o original do romance que o consagrou. Harry admite ter tido um caso com a garota e ter escrito o livro para ela, mas alega inocência no caso do assassinato. 
Com a mídia inteira contra Harry, Marcus se lança numa investigação particular, seguindo uma trilha de pistas através dos livros de seu mentor, dos bosques, das praias e das áreas isoladas de New Hampshire em busca da história secreta dos cidadãos de Aurora e do homem que mais admira. Uma teia de segredos emerge, mas a verdade só virá à tona depois de uma longa e complexa jornada.
Para salvar Harry, sua carreira literária e a própria pele, Marcus precisa responder a três perguntas, todas misteriosamente conectadas: quem matou Nola Kellergan? O que aconteceu no verão de 1975? E como escrever um romance verdadeiramente bem-sucedido?

Sinopse interessante, né? Pois é...

Nas primeiras 50 páginas o livro empolga, depois disso os defeitos da narrativa ficam aparentes: os diálogos são extremamente superficiais e inverossímeis, os personagens não cativam os leitores e a história fica cada vez mais repetitiva, fazendo o leitor sentir uma impaciência enorme.
Mas o que mais me decepcionou foi o desfecho do livro, uma vez que aguentei 565 páginas apenas para descobrir a solução do crime! E que desfecho frustrante: sem nexo e nada emocionante! 
Quatro adjetivos que definem A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert: prolixo, frívolo, incoerente e monótono.

Mais uma coisa que não me agradou em nada na leitura foi a péssima tradução para o português feita pela Editora Intrínseca! O livro está assustadoramente mal traduzido, uma vez que durante a leitura encontrei inúmeros erros de português, como: palavras escritas erroneamente e erros crassos de concordância. 
Cheguei a entrar em contato com a editora e não obtive nenhum retorno! Fica registrado aqui meu grande desapontamento em relação à ela (e ao livro).


E aí, alguém já leu? Se sim, compartilhem comigo suas opiniões sobre ele! Bjoss


Look do Dia!

Oi pessoal!!!
Confiram o look do dia:


Camiseta: Little White Tee
Casaco: Bobstore
Meia-calça: Lupo
Bolsa: Calzatto
Slipper: Melissa
Óculos: Ray Ban

E aí, gostaram do look? Espero que sim! Bjos

Decoração: Inspirações para apaixonados por livros!

Como uma boa apaixonada por leitura, adoro trazer para decoração referências do mundo literário! E dando uma olhada no Pinterest esses dias, encontrei algumas inspirações incríveis e super crativas para fãs de literatura! Separei as melhores e vim mostrar para vocês! Confiram:










E aí, gostaram? Bjoss

Decoração: Home Music!

Olá pessoal,
Sou a Bruna, sou arquiteta, formada pela PUC-Campinas e sou a nova colaboradora da parte de arquitetura/decoração do Blog ByMiih. Como este é o meu primeiro post no blog, quero me apresentar para vocês. Sou apaixonada por desenvolver 3D (Maquete Eletrônica) de qualquer tipo de ambiente (interno, externo, residencial, comercial) e por este motivo estou aqui na coluna de decoração para mostrar para vocês as tendências de mobiliário, cores, texturas, papéis de parede e todas as coisas lindas do ramo de arquitetura e decoração. Se quiserem conhecer mais o meu trabalho vejam a minha página
Para esse primeiro post, escolhi um espaço para pessoas que são apaixonadas por música e tocam, pelo menos, um instrumento. A ideia foi criar um lugar mais seguro e confiável voltado totalmente para o mundo musical.


Acredito que todos que tocam um instrumento sentem a necessidade de um ambiente reservado para estudar, tocar e até mesmo ouvir música sem ser atrapalhado pelos demais membros da família. Para essas situações podemos chamar este ambiente de Home Music.



Os Home Music é projetado através da solução acústica. Como foi projetado para ser um ambiente caseiro, utilizei a madeira que é um ótimo material para esta finalidade de isolamento acústico. O instrumento que é utilizado neste ambiente é o violino, por isso os quadros com violinistas e o adesivo na parede.



Além do uso para tocar o instrumento, este espaço também é utilizado para estudos, criação e edição de vídeos, leitura na poltrona aconchegante com um abajur e até mesmo uma reunião com os amigos que também tocam algum instrumento



A proposta deste projeto foi criar um ambiente aconchegante e funcional num espaço pequeno similar a um dormitório comum. A cor escolhida para a parede é um tom neutro para combinar com a madeira e o móvel da bancada. Esta bancada é branca com nichos na cor vinho, uma cor quente para contrastar com o cinza que é uma cor fria.


Espero que tenham gostado! 

Beijos,
Bruna

Por: Bruna Foggiatto